Pat Kay em Tour por Portugal

Pat Kay é uma figura carismática que nos seduz e nos guia para o seu universo intenso, com ziguezagues fluidos e fulgurantes nas línguas e culturas onde se move.

Àvido de encontros e porque Paris é uma cidade propícia aos intercâmbios, cruza-se com inúmeros artistas representantes de várias formas de arte. Na cidade-luz irá desenvolver o seu gosto profundo pela boa escrita, pela escolha da palavra certa, do som que evoca visceralmente sensações fortes.

As influências cruzam-se ao sabor dos ventos, dos encontros, das amizades.
Adolfo Luxúria Canibal (Mão Morta, Mécanosphère…), Franz Treichler (The Young Gods), Marco de Oliveira e Rodolphe Burger (Kat Onoma), …

Pat Kay recorda muitas vezes uma tertúlia amena com quando Rodolphe Burger, apaixonado po Fernando Pessoa, lhe interpreta um dos seus poemas de maneira inédita e magistral. Deveras estimulante.

Pat apresenta-se ultimamente ao vivo sem a banda habitual – The Gajos – , mas com JAP e Chico Vinagre. Um trio coeso que nos prenda com um espectáculo vigoroso, alternando rock, cabaret, chanson française, laivos de fado/blues… ora em canto, ora em spoken word.

No seu papel de cantautor/ « diseur », Pat Kay mostra todo o seu vasto manancial de grande performer nos palcos que pisa.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: